O teleférico do Cerro Otto voltou a funcionar

Com alegria damos esta ótima notícia para os turistas que estarão visitando Bariloche. Depois de quase sete meses fechado por uma extensa obra de reparação dos cabos, o Teleférico Cerro Otto voltou a funcionar. Leia no Bariloche para Brasileiros sobre este emblemático lugar, que é uma das principais atrações turísticas de Bariloche.

teleferico cerro otto
Teleférico Cerro Otto no verão

Todos os teleféricos de Bariloche passam  por uma manutenção por duas vezes ao ano, em meses de baixa temporada. Como sempre, em maio desse ano realizaram uma manutenção no Teleférico Cerro Otto e para a surpresa de todos, foi constatado que os cabos deveriam ser trocados, o que levaria meses de obras. Obviamente esta notícia impactou não só aos turistas, mas também às pessoas que moram em Bariloche e trabalhadores do setor Turismo. É importante mencionar que os valores arrecadados dos tickets vendidos são destinados à uma fundação chamada Sara Maria Furmán.

A confeitaria giratória do Cerro Otto

Este emblemático lugar, localizado a 1405 metros sobre o nível do mar, é a principal atração do Complexo, onde é possível chegar ascendendo pelo teleférico. A confeitaria gira lentamente 360° em um tempo entre 20 e 40 minutos. Sem dúvidas, um lugar interessante para fazer uma merenda ou até mesmo almoçar, não tanto pela comida. Há opcoes de tortas, sanduiches e alguns pratos como massas, saladas e goulash. O lugar tem uma capacidade para 200 pessoas.

confeitaria gratoria do cerro otto
Confeitaria Giratória Cerro Otto

Outras atrações do Complexo Cerro Otto

Sem dúvidas o terraço, da onde é possível apreciar uma incrível paisagem, é o mais interessante, mas também o complexo oferece algumas atividades. No inverno é possível fazer caminhadas com raquetes e ski bunda. A pista não é muito grande, se comparadas às do parque Piedras Blancas, que está em outro setor do Cerro Otto. Em outras épocas fora do inverno também é possível fazer caminhadas fáceis e brincar com bóias que se deslizam por uma pista. Em um setor ao  lado da subida da entrada da confeitaria giratória há uma interessante galeria que possui réplicas de três esculturas do artista Michelangelo.

vista da confeitaria giratoria
Vista dos mirantes do Complexo Cerro Otto
ski bunda no complexo cerro otto
Pista de ski bunda do teleférico Cerro Otto (só no inverno)

Como contratar o Teleferico Cerro Otto

Não é necessário comprar em agência e nem deve ser reservado antecipadamente, pode e ser feito de maneira independente, apesar que tem agências que vende. O Complexo Cerro Otto tem um ônibus próprio e de uso gratuito, que sai de dois pontos do centro. Os lugares de saída do ônibus e ponto de venda são: Esquina da rua Independencia e San Martin (atrás do Centro Cívico) e esquina da Rua Mitre e Villegas (em frente a Rapa Nui). São vários os horários de saída em um dia, ou seja, este passeio é uma ótima opção de meio período para fazer nas horas vagas. A base do teleférico se encontra no Km 5 da Av. Los Pioneros, se você tiver alugado um carro, poderá ir diretamente a este endereço.

teleferico otto inverno bariloche
Teleferico Cerro Otto no inverno

 

Para saber os horários e valores atualizados, entre na página oficial do Teleférico Cerro Otto (clique no link)

É importante mencionar que no Cerro Otto, há outras atrações independentes do Teleférico Cerro Otto e possuem acesso. Já escrevi um post aqui no blog onde mencionei outros centros de atividades que estão no Cerro Otto, clique no link abaixo para conferir:

As diferentes atrações do Cerro Otto

Lembrando que já é possível reservar alguns passeios antecipadamente em nosso site, pagando somente um sinal de 15% para garantir os lugares. Reserve pela página, mas tenha posteriormente todo o meu assessoramento via whatsapp. Convido a todos a que conheçam a nossa página de reservas:

Reserve aqui os seus passeios em Bariloche

E se você gosta do blog e viajará a Bariloche, venha receber um atendimento de confiança na nossa agência receptiva, a Destino Sul. Estamos na Rua Mitre 340 (Galeria del Sol, piso superior).

Consultas: atendimento@barilocheparabrasileiros.com.br

 

Autor: Sabrina Poinho

Sabrina, autora e fundadora do Bariloche para Brasileiros, é barilochense e carioca de coração, mas mineira de nascimento. Se formou em Bariloche como guia regional da Patagônia, se tornando a primeira brasileira a ter este título. É louca com a gastronomia de Bariloche e só sendo louca por vôlei também para tentar manter a forma com tanta comida boa no friozinho patagônico. Está casada e mora em Bariloche há mais de 10 anos por culpa de um argentino que é físico atômico e irradiou o seu coração...

Deixe uma resposta