Bariloche no outono: vale a pena?

Como é o outono em Bariloche? Será que vale a pena conhecer a cidade nesta época? Saiba quais passeios sao recomendados nesta estação e como é o clima na cidade.

Bariloche no outono

O clima de outono em Bariloche

No início do outono em Bariloche, no final de março, e também abril, o tempo se caracteriza por oscilar muito, inclusive em um mesmo dia. Em 24 horas podem ocorrer temperaturas mínimas próximas ao 0°C e máximas que se aproximam aos 20°C. Por isso, a primeira dica é: viaje preparado para tudo. Traga um casaquinho mais leve e também um que seja para temperaturas mais frias. Há possibilidades de esporadicamente nevar nas montanhas, mais para o final de abril, mas não é certeza.

Bariloche no outono - vista do Cerro Catedral
Vista do Cerro Catedral desde a empresa Intecnus (27 de abril de 2018)

Do meio para o final do outono, principalmente dos últimos dias de maio até meados de junho, a amplitude térmica diminui e as máximas caem. Ou seja, a temperatura já é fria mesmo (normalmente menos de 10°C e próximas a 0°C). Há possibilidades de chuvas e até mesmo nevadas na alta montanha. O normal nessa época é que se inicie o processo de acumulação de neve nos cerros. Portanto, atividades de neve, como o ski, ainda não são realizadas.

Se a sua vontade ao viajar a Bariloche é também esquiar, não opte por viajar no final do outono, ou seja, em meados de junho ou antes. Escolha viajar de julho até os primeiros dias de setembro.

O que fazer no outono em Bariloche

No início do outono, recomendamos todos aqueles passeios clássicos para curtir a paisagem: Circuito Chico, Cerro Catedral, Tronador, San Martín de Los Andes, confeitaria giratória do Cerro Otto, Isla Victoria e Bosque de Arrayanes e Puerto Blest e Cascata Los Cántaros. Passeios e caminhadinhas independentes: Centro Cívico (onde está o Museu da Patagônia), Rua Mitre (rua das lojas de chocolates, a Galería del Sol e comércio mais turístico), Catedral Nuestra Señora del Nahuel Huapi, Museu do Chocolate da Havanna. Como atividade alternativa e para ter contato com a natureza, recomendamos a cavalgada na estepa patagônica e o navegar de veleiro no lago (se o tempo estiver propício).

Datas importantes do outono: Páscoa e aniversário

O outono em Bariloche é marcado por duas importantes datas de relevância turística: a Páscoa e o aniversário da cidade.

Em abril, para comemorar a Páscoa, acontece a famosa Festa Nacional do Chocolate, com várias atrações na cidade. Bariloche é a terra do chocolate artesanal e na Semana Santa se distribui a maior barra de chocolate do mundo! Se para os chocólatras Bariloche é uma cidade altamente recomendada, no mês de abril nem se fala!

Dia 3 de maio é aniversário de Bariloche e o município também organiza várias atrações na cidade. É provável que entre elas esteja alguma outra comida gigante, como o guiso montañés que foi feito em algumas das últimas edições.

outono em bariloche - aniversário de bariloche - guiso montañés
Um guisadinho montanhês para alimentar umas 20 mil pessoas…

Passeios na neve no final do outono em Bariloche

No final do outono, recomendamos todos os passeios mencionados anteriormente e também, as primeiras atividades típicas de inverno, que incluem caminhadas na montanha onde há possibilidades de ter contato com a neve: Caminhada a Lagoa Congelada, Nieve al Límite e Extremo Encantado. Para todos este passeios, é necessário o uso da roupa de neve. No final do outono, a visita ao Cerro Catedral, para passear de teleférico, também é recomendado ir com a roupa de neve, normalmente alugada.

Bariloche no outono
Valle del Chalhuaco, onde é realizada a Caminhada à Lagoa Congelada

Vale a pena viajar no outono a Bariloche?

E finalmente… Será que vale a pena conhecer Bariloche no outono? A resposta é SIM!, principalmente para aquelas pessoas que curtem belas paisagens e cujo foco são os passeios mais clássicos e tirar belas fotografias.

A cidade se embeleza com as folhas no chão e as árvores, montanhas e bosques com os tons quentes típicos do outono (vermelho, laranja, amarelo). São paisagens cinematográficas.

Outra coisa importante a considerar é que se comparamos com o inverno, viajar no outono é mais econômico. Por isso há cada vez mais brasileiros que escolhem esta época para conhecer Bariloche. Obviamente se o seu foco é conhecer a neve, opte por viajar no inverno. Se não puder, escolha o finalzinho do outono, ou seja, a terceira semana de junho.

A chuva é normal no clima da Patagônia no outono. Inclusive, é importante chover para poder nevar. Sem chuva, não neva. Já mencionei isso em vários posts aqui no blog. Muitas vezes está chovendo na cidade e, ao mesmo tempo, nevando nas montanhas. Então, viaje preparado para encarar tudo o que for típico da Patagônia no outono, inclusive a chuva. Faz parte.

Vai viajar a Bariloche? Reserve já os seus passeios e veja os valores em nossa agência Destino Sul, clique aqui para entrar na página de reservas

Será um prazer te receber na nossa agência receptiva em Bariloche! Estamos na Rua Mitre 340, dentro da Galería del Sol (piso superior).

Bariloche no outono - Galería del Sol
Galeria del Sol (Rua Mitre), onde está a agência Destino Sul

Avatar

Autor: Sabrina Poinho

Sabrina, autora e fundadora do Bariloche para Brasileiros, é barilochense e carioca de coração, mas mineira de nascimento. Se formou em Bariloche como guia regional da Patagônia, se tornando a primeira brasileira a ter este título. É louca com a gastronomia de Bariloche e só sendo louca por vôlei também para tentar manter a forma com tanta comida boa no friozinho patagônico. Está casada e mora em Bariloche há mais de 10 anos por culpa de um argentino que é físico atômico e irradiou o seu coração...

3 pensamentos

  1. Bom dia estaremos em Bariloche de 23 a 30/05/2020 tem como fazer passeio neve ao limite? tem muita neve nessa epoca?

    1. Oi, Alessandra. Em maio ainda não há previsão de termos o Nieve ao Límite. A alta temporada é só em julho. Mas é um passeio novo. Quem sabe mais próximo da data, dependendo das condições de neve, seja possível. Fale com a gente mais próximo da data. Abraço!

Deixe uma resposta