Nieve al Límite: uma aventura com muita neve na fronteira Argentina-Chile.

Nieve al Límite é um passeio que te leva à fronteira entre o Chile e a Argentina, em plena Cordilheira dos Andes. Estamos falando de neve, muita neve! E tem promoção para clientes da Destino Sul que virão a Bariloche em agosto e setembro!

Nieve al Límite

 

Nieve al Límite

Nieve al Límite: a novidade da temporada

O passeio “Nieve al Limite” é a novidade desta temporada de inverno. Nesta atividade, os turistas chegam à fronteira de Argentina e Chile para se divertir em um lugar repleto de neve. Vejam o vídeo e saiba mais informações na agência Destino Sul com os nossos atendentes.

 

 

Descrição das atrações do passeio Nieve al Límite

A excursão Nieve al Límite parte de Bariloche às 10h30 bordeando o lago Nahuel Huapi e pegando a Ruta 40. Seguimos em direção a Villa La Angostura, conhecida como o “Jardim da Patagônia”. Uma linda cidadezinha, construída toda em pedra e madeira.

 

Por volta de meio dia chegamos em Villa la Angostura e paramos para almoçar no restaurante Ruta 40. Deliciosas empanadas feitas com ingredientes da região nos esperam. Após o almoço, retomamos a viagem rumo à fronteira com o Chile.

Em cerca de 30 minutos chegamos à aduana argentina. Aí fazemos o trâmite de imigração, apresentando os documentos de cada passageiro. Após este processo, começamos a subir a montanha por um caminho sinuoso que nos levará à fronteira no ponto mais alto, entre Chile e Argentina.

Chegamos a uma zona totalmente branca, neve para todo lado. Não há com o que se preocupar, pois estaremos muito bem acompanhados por experientes guias de montanha.

Nieve al Límite

Seguindo os nossos guias, começamos um pequeno trekking pelos bosques nevados até chegar ao limite entre Argentina e Chile. Aí, estaremos rodeados de neve por todo lado. Neve fofa, profunda, intocada, virgem. Um lugar simplesmente mágico, entranhado na cordilheira. Com um pé no Chile e outro na Argentina.

Nieve al Limite - skibunda - ski bunda

É hora da diversão! Com tempo e neve de sobra para fazer skibunda e outras atividades. É simplesmente o grande momento que praticamente todo brasileiro espera em sua viagem a Bariloche. Após nos esbaldarmos na neve, nossos guias nos convidam para um delicioso chocolate quente com alfajor. Bem no meio da neve e da fronteira.

Não esqueça de levar!

– Documentos imprescindíveis: documento que usou para entrar na Argentina, identidade ou passaporte, e autorização de saída de menores.
– Roupa de neve, traje completo, com luvas e botas. Óculos de sol ou viseira para montanha e neve.

Nieve al Límite

O passeio “Nieve al Límite”, que deverá ser contratado pessoalmente na agência.

Valor do passeio Nieve al Límite (temporada 2018): 2500 pesos por pessoa. De 3 a 12 anos: 1800 pesos. De 0 a 2 anos não paga. Saída de Bariloche: 10h. Chegada a Bariloche: 18h30. Pode haver modificação no horário, consultar na agência em Bariloche.

Desconto em Bariloche para leitores do Blog

 

cupom de desconto Destino Sul

Para pagamento em dinheiro nas reservas dos seus passeios, ganhe 10% de desconto nos  passeios terrestres tradicionais: circuito chico, Cerro Catedral, Vulcão Tronador, San Martin de Los Andes, Cerro Bayo e Villa La Angostura e El Bolson e Lago Puelo.

Para ter acesso ao desconto e montar um roteiro personalizado com a nossa equipe, é só nos procurar pessoalmente na agência Destino Sul em Bariloche e mostrar o cupom na tela do seu celular ou impresso. O desconto válido unicamente para compras feitas pessoalmente na agência Destino Sul em Bariloche (Rua Mitre 340, Galeria del Sol, piso superior).

Esperamos por vocês em Bariloche!

Autor: Alejandro Sainz

Alejandro é irmão da Sabrina e sócio-diretor do Bariloche para Brasileiros. Músico e publicitário brasileiro e argentino, nasceu em Buenos Aires, mas cresceu e vive no Rio de Janeiro. Ficou tão deslumbrado quando conheceu a Patagonia e Bariloche, que compôs uma música chamada “Patagonia” com sua banda de rock, que virou disco e videoclip realizado apenas com filmagens da região. Seu lugar preferido é a estepe patagônica. Também é louco pelas cervejas artesanais, chocolates e tudo que é “ahumado” (defumado) da região: comida, cerveja, molhos etc.

Deixe uma resposta