Acumulou neve na cidade de Bariloche no dia 27 de julho de 2016

Hoje a cidade de Bariloche amanheceu assim, branquinha, uma grande surpresa para os turistas. Quem mora aqui sabe que é difícil que acumule neve nas ruas da cidade, somente poucas vezes ao ano. Compartilho uma foto tirada agora à pouco desde a janela do meu apartamento. 

 
Foto da janela do meu apartamento, amanhecer do dia 27/07/2016
 
Se na cidade está assim, imaginem só nas montanhas! É importante esclarecer que quando isso ocorre são necessárias muitas precauções no trânsito, entre elas andar em baixa velocidade. Conseqüentemente os passeios atrasam muito, é normal que isso ocorra quando neva muito. Quem pretende alugar um carro no inverno, considere que às vezes dirigir pode se complicar nesses casos.
 
Em breve, mais fotos do dia de hoje na fan Page do blog, não deixe de curtir a página, clique aqui!
Mudando de assunto, falta pouco para terminar o mês de julho e gostaria de agradecer aos milhares de clientes e leitores que estão prestigiando o meu trabalho e o de toda a equipe do Bariloche para Brasileiros, está sendo muito bom conhecer pessoalmente algumas pessoas que acompanham o blog e que me escreveram. Também gostaria de agradecer a paciência daquelas pessoas que me estão enviando mensagens neste momento e eu estou respondendo que nos procure pessoalmente na agência para receber orientação. Nesta época estou com muito pouco tempo para me dedicar às consultas por email como eu gostaria, neste momento o nosso foco é receber pessoalmente os nossos visitantes.
Não querendo ser repetitiva, mas já sendo, como sempre te esperamos na nossa agência que é  o Point dos Brasileiros em Bariloche e o cantinho mais brasileiro da Patagônia!

 

Esperamos por vocês neste inverno!
 

 

Autor: Sabrina Poinho

Sabrina, autora e fundadora do Bariloche para Brasileiros, é barilochense e carioca de coração, mas mineira de nascimento. Se formou em Bariloche como guia regional da Patagônia, se tornando a primeira brasileira a ter este título. É louca com a gastronomia de Bariloche e só sendo louca por vôlei também para tentar manter a forma com tanta comida boa no friozinho patagônico. Está casada e mora em Bariloche há mais de 10 anos por culpa de um argentino que é físico atômico e irradiou o seu coração...

14 pensamentos

  1. Boa tarde, Sabrina.
    Estarei chegando em Bariloche dia 09/08 e preciso de uma agência para nos auxiliar nos passeios, porém, estava receoso com a dificuldade de idioma, foi quando encontrei este site.
    É possível contata-la pessoalmente na agência quando eu chegar, ou outro brasileiro ou que fale português?
    Obrigado.

  2. Ricardo se possível entra em contato comigo, eu e minha namorada vamos chegar nessa mesma data, tbm vou procurar pela Sabrina. Companhia são sempre bem vinda e facilita nos passeios. Abraços.

    Raffael (17) 996288200 WhatsApp

  3. Boa tarde Sabrina, obrigado pela resposta.
    Apenas mais um questão, por favor. Sabe me dizer se está compensando cambiar real por peso aqui no Brasil ou na Argentina, em casas oficiais?

  4. Olá… amei seu blog. Sabrina, queremos ir de Santa Catarina para Bariloche de carro, temos dois filhos de 10 anos. Nunca dirigimos sob neve. Há algo que devemos nos preocupar ou podemos encarar? Rs…. Abraço

  5. Bom dia Tatiane, obrigada!

    Sem dúvidas na época de inverno os caminhos de Bariloche e arredores podem se complicar quando ocorre uma grande nevada ou quando o asfalto se congela. Nao conheco a estrada de Santa Catarina até a Argentina, nao saberia opiniar sobre uma viagem de carro, até mesmo porque sempre viajei de aviao até o Brasil e ônibus até Buenos Aires somente.

    Beijos

  6. Isso significa que se você for comprar 1 real na casa de câmbio, deverá pagar 4,90 pesos e se for trocar o seu 1 real por pesos, receberá 3,90 pesos. Pense o seguinte, você sempre ganhará menos que a casa de câmbio, este é o negócio deles.

  7. Moro em El Bolson que fica mais pro Sul de Bariloche é a próxima cidade. E não é exigência mas a unica precaução é ter as correntes nas rodas pra andar sobrr a neve e gelo. Com ou sem corrente você consegue se locomover. Tenho amigos de Sp que sempre vem de carro e geralmente não ten muita neve no caminho. Abraços.

  8. Bom dia Tati, tenho whatsapp e está nos meus contatos do blog, mas o uso para consultas mais breves, urgentes e para marcar atendimento na agência. Por favor, envie as suas consultas por email a sabrinapoinho@gmail.com, onde eu centralizo as consultas e também já aproveito para te cadastrar para receber as novidades da próxima temporada de inverno. Se puder dar uma lidinha com paciência em várias postagens do blog, estou segura que encontrará várias dicas e respostas, afinal, estou postando aqui tudo que me parece que seja útil me baseando nas perguntas que sempre sao feitas pelos turistas. Quando nao existe uma resposta ou reccomendação exata, também comento isso aqui no blog, por exemplo, quando irá nevar ou qual hotel você recomenda.

    Vamos nos falando por email e nao preciso nem falar que te esperamos pessoalmente na agência em Bariloche para tirar as suas dúvidas de maneira mais personalizada.

    Beijos

Deixe uma resposta