Seguro-viagem com cobertura para Covid-19

Contrate com a gente o seguro-viagem mais bem adaptado às novas necessidades do turismo internacional e conforme os requisitos do governo argentino

Seguro-viagem Assist Card

Para entrar na Argentina é preciso ter um seguro-viagem com cobertura para Covid-19, mas não é qualquer cobertura. Muitos seguros no mercado para Covid-19 não cobrem prorrogação de estadia nem remarcação de passagem aérea caso o passageiro teste positivo para Covid-19 no destino ou seja um contato estreito de quem testou positivo.

O seguro precisa, além de cobrir despesas médicas e hospitalares (como todos), cobrir também alojamento em caso de necessidade de quarentena. O seguro que oferecemos cobre tudo isso e também remarcação de voo se precisar. Ele tem 2 opções, com prorrogação de estadia até 1.500 dólares ou até 3.000 dólares.

Seguro-viagem Covid-19

O seguro-viagem por enquanto cobertura para isolamento e/ou traslado sanitário é obrigatório para entrar na Argentina. Pode ser que daqui a um tempo não seja mais. No entanto, independentemente de se será ou não obrigatório em alguns meses, eu não faria uma viagem internacional para qualquer lugar sem esse seguro com estas coberturas específicas para Covid-19.

Isso é tão importante quanto a cobertura convencional para Covid-19 que cobre apenas despesas médicas e hospitalares. Na prática é até mais importante. Com a variante ômicron, a probailidade maior é de alguém testar positivo com sintomas leves ou até assintomático, sem necessidade de hospitalização. Só que ninguém pode andar assintomático pelas ruas espalhando o vírus e podendo contaminar pessoas que poderiam não ter a mesma sorte e desenvolver um quadro pior da doença. E aí a necessidade vai ser o isolamento em hotel com prorrogação de estadia e a consequente remarcação de passagem e não despesas médicas e hospitalares (que o seguro também cobre!).

Seguro-viagem para Argentina

O que o seguro-viagem Covid Extra cobre

Além da cobertura convencional de um seguro-viagem e da cobertura comum de despesas médicas e hospitalares incluindo Covid-19, o Covid Extra tem cobertura especial para Covid com:

  • Prorrogação de estadia até 1.500 dólares;
  • Retorno de segurado até 1.000 dólares, que cobre as multas de remarcação das passagens aéreas;
  • Hospedagem de acompanhante até 500 dólares que cobre a hospedagem de um acompanhante quando houver recomendação médica;
  • Envio de acompanhante até 1.000 dólares, que cobre os gastos com a compra de um bilhete aéreo em classe econômica para o envio de um acompanhante quando houver recomendação médica.

Temos ainda a opção de Covid Extra com prorrogação de estadia até 3.000 dólares, que dobra também as outras coberturas especiais mencionadas acima.

É importante esclarecer ainda que:

  • O Covid Extra funciona por reembolso. O passageiro deverá anexar em app da seguradora todos os comprovantes de gastos, junto com o teste positivo de Covid e a recomendação médica (quando aplicável).
  • O produto deve ser emitido antes da viagem, com o passageiro ainda no Brasil.
  • O teste para comprovar precisa ser o RT-PCR ou antígeno. O teste de farmácia NÃO serve.

Você pode ver as demais coberturas do seguro nos links abaixo:

AC60 Covid Extra com prorrogação de estadia até 1.500 dólares: https://bit.ly/3B3kcrL

AC60 Covid Extra com prorrogação de estadia até 3.000 dólares: https://bit.ly/3GwHmIa

Reserve seu seguro-viagem com a gente em: https://www.assistcard.com/br/b2c/destinosul

Para mais informações escreva para: atendimento@barilocheparabrasileiros.com.br

seguro-viagem com cobertura para Covid-19
melhor seguro-viagem

Alejandro Sainz

Autor: Alejandro Sainz

Alejandro é irmão da Sabrina e sócio-diretor do Bariloche para Brasileiros. Músico e publicitário brasileiro e argentino, nasceu em Buenos Aires, mas cresceu e vive no Rio de Janeiro. Ficou tão deslumbrado quando conheceu a Patagonia e Bariloche, que compôs uma música chamada “Patagonia” com sua banda de rock, que virou disco e videoclip realizado apenas com filmagens da região. Seu lugar preferido é a estepe patagônica. Também é louco pelas cervejas artesanais, chocolates e tudo que é “ahumado” (defumado) da região: comida, cerveja, molhos etc.

Deixe uma resposta