Novo coronavírus (COVID-19): situação em Bariloche e Argentina

Argentina reabre em 2 de novembro as fronteiras com países limítrofes para o turismo, sem quarentena obrigatória.

Última atualização: 24/10/2020, 17:00.

Covid em números: resumo

Bariloche: Casos ativos: 621 – Recuperados: 3.395 – Falecidos: 60

Argentina: Casos ativos: 174.335 – Recuperados: 866.695 – Falecidos: 28.338

Qual é a situação do turismo na Argentina

Em entrevista para a Rádio CNN, o ministro do turismo da Argentina, Matías Lammens, anunciou que o governo argentino vai reabrir fronteiras com todos os países limítrofes a partir de 2 de novembro para receber turistas. Ou seja, do Brasil, Uruguai, Paraguai, Bolívia e Chile.

A reabertura será exclusivamente via aérea e, com o Uruguai, via marítima.

A quarentena não será obrigatória e estão terminando de definir quais serão os requisitos médicos, que a princípio seria um teste PCR com resultado negativo no país de origem e algum outro teste adicional ao chegar na Argentina. Além disso, claro, na chegada ao país, sera aferida a temperatura e se deverá assinar uma declaração juramentada de não estar com a Covid-19.

reabertura do turismo na Argentina
Aeroporto de Ezeiza em Buenos Aires. Foto: Ignácio Sanchez.

Situação do turismo em Bariloche e Río Negro (província)

É muito provável que esta reabertura a partir do dia 2 de novembro com os países fronteiriços, incluindo o Brasil, também se estenda a Bariloche. O prefeiro de Bariloche, Gustavo Gennuso, já solicitou a reabertura via voos domésticos de Buenos Aires.

Vale lembrar que há poucos dias Bariloche passou por uma experiência-piloto feita com 500 turistas, via terrestre somente, dentro da província de Río Negro, e teve um balanço muito positivo, inclusive com avaliações positivas dos turistas em relação aos protocolos e à experiência.

Fiquem ligados em nossas redes e nesta matéria, que será atualizada constantemente, conforme tenhamos novas confirmações.

Qualquer novidade sobre a volta do turismo internacional, divulgaremos nas nossas redes. Dúvidas ou ajuda para planejar sua viagem para o 2021? Fale com a nossa equipe em atendimento@barilocheparabrasileiros.com.br.

Alejandro Sainz

Autor: Alejandro Sainz

Alejandro é irmão da Sabrina e sócio-diretor do Bariloche para Brasileiros. Músico e publicitário brasileiro e argentino, nasceu em Buenos Aires, mas cresceu e vive no Rio de Janeiro. Ficou tão deslumbrado quando conheceu a Patagonia e Bariloche, que compôs uma música chamada “Patagonia” com sua banda de rock, que virou disco e videoclip realizado apenas com filmagens da região. Seu lugar preferido é a estepe patagônica. Também é louco pelas cervejas artesanais, chocolates e tudo que é “ahumado” (defumado) da região: comida, cerveja, molhos etc.

23 pensamentos

    1. caso tenha mais informaçoes sobre a situação coloque aqui para q saibamos oq fazer, estava programando uma viagem para lá tambem

  1. Tenho viagem marcada dia 19/07 para buenos aires e depois bariloche. Estou sem saber o que fazer;

    1. Talvez seja o caso de vc remarcar. A cidade está fechada e não sabemos como estará até lá.

  2. Agradeço o posto Alejandro, pois tenho viagem marcada com minha família para o final de Agosto deste ano, mas já vi que a viagem não será possível. As informações do seu site são de grande ajuda.

    1. De nada, Helber! Pode contar com a gente sempre para manter todos atualizados com toda transparência sobre a situação de Bariloche. Não deixa de seguir os nossos Instagrams e acompanhar as nossas lives por lá. Você pode assistir as anteriores que ficam gravadas no IgTv do Bariloche para Brasileiros.

  3. Tenho viagem marcada para o dia 04/09 para Bariloche! Você acha que até lá vai voltar a poder ir viajar para aí?

    1. Oi, Paulo. Eu acho difícil que volte em setembro. As estações de ski não abriram nem para os residentes ainda. Acompanhe as nossas lives no Instagram e no YouTube. Estamos sempre atualizando sobre a situação. Principalmente na terça-feira, às 19h, no Bate-papo Bariloche nos Instagrams da Destino Sul e do Bariloche para Brasileiros. Não posso afirmar, mas acho que só teria esperanças a partir de outubro e ela aumenta a cada mês que avança.

    1. Oi, Paulo. Eu acho difícil que volte em setembro. As estações de ski não abriram nem para os residentes ainda. Acompanhe as nossas lives no Instagram e no YouTube. Estamos sempre atualizando sobre a situação. Principalmente na terça-feira, às 19h, no Bate-papo Bariloche nos Instagrams da Destino Sul e do Bariloche para Brasileiros. Não posso afirmar, mas acho que só teria esperanças a partir de outubro e ela aumenta a cada mês que avança.

  4. Bom dia, minha viagem estava marcada para Julho, conseguimos adiar para Outubro! Vc acha que outubro já está melhor aí? Não sei nem se a cidade está liberada! Obrigada

  5. olá Alejandro. Alguma novidade da abertura das fronteiras? Programei uma viagem de carro até Ushuaia começando em Janeiro/21 mas não consigo ver nenhuma data de reabertura de fronteiras internacionais e mesmo entre as províncias. Agradeço qualquer informação. Abraço

    1. Olá! Ainda não há data confirmada. Se inicia este ano uma abertura controlada para turistas da própria província de Río Negro, onde está Bariloche.

  6. Eu tenho viagem marcada para a cidade de Viedma dia 11/12 para um eclipse solar. Nessa devo esperar até o último momento antes de cancelar, né?

  7. Boa noite, agradeço pela reportagem. Será que seria possível viajar em janeiro? Grata

    1. Oi, Clara! Que bom que gostou. Considero possível a abertura do turismo internacional em janeiro. Mas ainda não há nenhuma previsão concreta. O que já existe é um turismo em Bariloche para turistas da província, mas também é altamente controlado e limitado a 500 pessoas por semana. E ideia é testar todos os protocolos e ir ampliando a abertura a medida em que se tem sucesso.

  8. Olá, estava pensando em viajar a Buenos Aires em janeiro do ano que vem e as informações postadas aqui foram de muita valia, obrigado.

    Você sabe dizer qual é a situação na Argentina hoje, dia 14 de outubro, para a entrada de turistas internacionais? Agradeço.

    1. Oi, Vinicius! A situação hoje é ainda de falta de previsão. Em Bariloche inicia nesta sexta-feira uma experiência-piloto para receber 500 turistas por no máximo 1 semana e com todos os cuidados necessários. É um primeiro passo concreto para iniciar a reabertura.

Deixe uma resposta