Preços em Bariloche: Coca-cola, Big Mac, café, água, táxi e ônibus

Preços em Bariloche: Coca-cola, Big Mac, café, água, táxi e ônibus. Preparamos uma tabela com preços básicos para servir como referência para que você tenha noção dos custos ao viajar a Bariloche

Última atualização: 7 de outubro de 2020 – Levantamos alguns preços básicos em Bariloche para que você possa ter noção dos custos na cidade. Seguindo a lógica dos índices Coca-cola ou Big Mac, priorizamos produtos e serviços que não estejam sujeitos a uma grande variação.

Coca-cola - Big Mac - preços em Bariloche

Como pesquisamos os preços em Bariloche

Todos os preços foram pesquisados no Centro de Bariloche. Fizemos a busca basicamente nos seguintes tipos de lugares: restaurantes/lanchonetes, chocolaterias/cafés, supermercados e “quioscos”. Os quioscos são lojinhas muito parecidas com os postos de conveniência no Brasil. E estão por todos os lados. Neste estabelecimento você pode colocar créditos no seu telefone, carregar o cartão de ônibus, comprar alfajores e bebidas geladas. Os preços dos produtos nos quioscos são bem parecidos com os dos mercados.

Como calculamos os valores em reais

Para fazer a conversão dos preços em pesos argentinos (AR$) para reais (R$), nos baseamos no câmbio blue do Real na Argentina, deixando este valor um pouco abaixo. Hoje (7 de outubro de 2020, às 16h) R$ 1,00 vale AR$ 13,00 no câmbio oficial. No câmbio blue, em Bariloche, R$ 1,00 vale cerca de 24,00.

O comércio em Bariloche se baseia no câmbio blue, um pouco abaixo talvez. Para se ter noção, a Western Union, empresa de envio de dinheiro ao exterior, está pagando AR$ 26,50 para cada Real enviado. Desta forma, fizemos a conversão considerando cada Real tanto o câmbio blue quanto o oficial. Mas considere, no geral, o valor um pouco abaxo do blue, cerca de AR$ 26,00. Acreditamos assim ter uma estimativa bem ponderada.

Análise dos preços em Bariloche

Gente, por favor, não somos nenhum instituto de economia nem estamos usando nenhum índice de preços oficial. Por outro lado, vale muito a informação de quem bate perna na rua e pesquisa os preços pelo Centro de Bariloche. Então vamos ao índice oficial do Bariloche para Brasileiros, que é o IPDN, ou seja, Índice de Preços Dona Neide, nossa querida mãe e fiscal.

Vamos atualizar constantemente esta tabela. Última atualização: 6 de outubro de 2020.

Produto/serviço Preços out. 2020 (em AR$) Preços out. 2020 (em R$ blue) Preços out. 2020 (em R$ oficial)
Coca-cola lata (restaurante) AR$ 100 R$ 4,16 R$ 7,69
Coca-cola lata (mercado) AR$ 55 R$ 2,29 R$ 4,23
Água 500 ml (mercado) AR$ 60 R$ 2,50 R$ 4,61
Café expresso (chocolaterias) AR$ 120 R$ 5,00 R$ 9,23
Café no quiosco* AR$ 60 R$ 2,50 R$ 4,61
Big Mac combo AR$ 450 R$ 18,75 R$ 34,61
Táxi aeroporto AR$ 690** ND** R$ 53,07**
Remise aeroporto AR$ 700** ND** R$ 53,85**
Ônibus trecho curto (micro) AR$ 35*** R$ 1,46 R$ 2,69****

*Quiosco é um loja parecida com um posto de conveniência. **Valor estimado do preço no taxímetro. No caso do táxi e do remise, nos baseamos no câmbio oficial, pois este é o normalmente utilizado pelos taxistas. ****Para andar de ônibus é necessário retirar um cartão que custa baratinho (tipo 1 dólar) no Órgão da Municipalidade e carregar em qualquer quiosco.

Por que Bariloche está tão barato em relação a outros destinos?

Bariloche está com preços muito baixos em relação aos preços brasileiros e de outros destinos internacionais. Os motivos são vários. Em parte porque o Real está muito mais forte frente ao Peso Argentino.

Na Argentina a economia do dia a dia, do comércio de serviços, das pessoas comuns, se faz com base nas cotações informais ou no câmbio blue (informal).

Isso porque na Argentina é extremamente difícil e limitado para se comprar moeda estrangeira e isso faz com que as moedas internacionais mais fortes tenham muito mais valor. Ou seja, o dólar e também o Real. Estas moedas são também uma forma mais segura de o argentino guardar dinheiro.

Por outro lado, temos que levar em conta, neste momento de pandemia e sem turismo internacional, que o comércio local precisa vender apenas para residentes numa economia em recessão. Deste modo, é natural que, sem a demanda dos turistas, os preços caiam para os residentes.

Algumas comparações preços: Bariloche vs Brasil

O combo médio do Big Mac está o equivalente a uns 20 reais em Bariloche e 30 reais no Brasil. Uma dúzia de empandas em Bariloche em uma das melhores lojas custa 37 reais, enquanto 10 empanadas com refrigerante 1,5 litro no Rio de Janeiro está 90 reais. Na sorveteria Rapa Nui, uma das melhores da cidade, 1 kg de sorvete artesanal está 37 reais. No Brasil, nas melhores sorveterias cobram pelo menos o dobro.

Outros preços

A seguir, para que se tenha uma noção, apresentamos alguns preços de gastos reais que tivemos no período em Bariloche com compras e experiências que a maioria dos brasileiros busca: um jantar completo com um bom vinho, cervejas artesanais, chá da tarde, latas cheias de chocolate artesanal…

El Boliche del Alberto

Jantar completo com um bom vinho

Um jantar completo (com um bom vinho) para duas pessoas em um restaurante especializado em carne custa atualmente cerca de R$120.

chá da tarde em Bariloche

Café da manhã, lanche ou chá da tarde caprichado

Um lanche caprichado ou chá da tarde em uma confeitaria tradicional, para duas pessoas, custa atualmente uns R$ 65 aproximadamente.

1 kg de chocolate artesanal em Bariloche

Um quilo de chocolate artesanal de alta qualidade

Bom… O negócio aqui é o seguinte: você vai pegar uma linda e grande caixa, encostar no balcão e pedir à moça para te ajudar a enchê-la com 1kg de chocolates variados à sua escolha. O quilo de chocolate em uma destas lojas de chocolates mais famosas de Bariloche custa atualmente uns R$ 100 aproximadamente. Vai ser o melhor negócio da sua vida… Esse valor caiu muito, pois da última vez que pesquisamos, em março de 2020, era cerca de R$ 145! 

Cerveja artesanal em Bariloche

“Una pinta” de cerveja artesanal

Um pint (ou “una pinta”, como se diz na Argentina) de cerveja artesanal (500 ml) custa atualmente uns R$ 10 no máximo. Uma lata de cerveja artesanal está cerca de 7 reais.

Cerveja artesanal Manush - Pack Full Experience

Um pack completo da Manush com 12 latas e todos os rótulos da marca está cerca de 80 reais, o que dá menos de 7 reais cada lata.

Vinho argentino Malbec Luigi Bosca DOC

Vinhos argentinos

O custo-benefício de comprar vinhos argentinos em Bariloche é absurdo. Não há melhor presente para levar ao Brasil para quem gosta de um bom vinho. Uma garrafa de Luigi Bosca Malbec DOC, na Patagonia Vinos, custa cerca de 60 reais. No Brasil é no mínimo o triplo. Podendo ser até 4 ou 5 vezes mais!

Saiba mais sobre câmbio e moedas

Apesar de a moeda argentina ser o peso, levá-lo para a sua viagem à Bariloche não é uma boa ideia. Opte por levar dólares ou reais, de preferência em notas mais altas – que são mais atrativas no câmbio “blue”. Chegue com alguns pesos para pagar um taxi na chegada. Um bom lugar para trocar reais por pesos é o Banco de la Nación nos aeroportos de Buenos Aires, onde geralmente há escala antes de chegar a Bariloche.

Mas e entre o real e o dólar? Qual escolher? Opte por aquele que for mais conveniente para você. É bom também andar com pesos, principalmente para ir aos passeios, ou seja, tenha várias moedas para ir usando conforme a conveniência, já que o valor do câmbio nos comércios varia muito.

Ainda que o dólar tenha uma preferência, a vantagem do real sobre as verdinhas é que você não vai perder dinheiro em transações de câmbio na ida e na volta. Tirando a troca de reais ou dólares por peso na Argentina, trocar dinheiro significa sempre perder dinheiro. Além do mais, o dólar subiu demais em relação ao real também. Está caro comprar. Mas se já tem dólares guardados, será muito vantajoso.

Não deixe de ler também as nossas dicas sobre que moeda levar para Bariloche: dólar, peso ou real?

Não se esqueça de fazer a sua reserva de passeios com a gente em:

destinosul.com.br

Entre em contato por email e receba nossa guia completa de reservas antecipadas de Bariloche, com os valores dos passeios e dicas de roteiros.

Contato: atendimento@barilocheparabrasileiros.com.br

Saiba mais: Quanto custa viajar a Bariloche?

Alejandro Sainz

Autor: Alejandro Sainz

Alejandro é irmão da Sabrina e sócio-diretor do Bariloche para Brasileiros. Músico e publicitário brasileiro e argentino, nasceu em Buenos Aires, mas cresceu e vive no Rio de Janeiro. Ficou tão deslumbrado quando conheceu a Patagonia e Bariloche, que compôs uma música chamada “Patagonia” com sua banda de rock, que virou disco e videoclip realizado apenas com filmagens da região. Seu lugar preferido é a estepe patagônica. Também é louco pelas cervejas artesanais, chocolates e tudo que é “ahumado” (defumado) da região: comida, cerveja, molhos etc.

45 pensamentos

  1. Só para esclarecer aos leitores do blog, o valor do ônibus aqui em Bariloche é cobrado por distância. Para usar o ônibus tem que comprar a tal “tarjeta SUBE”.

    1. Boa tarde, não entendi quando vc diz para não levar pesos argentinos?o comércio aceita real e dólar?

    1. Bom dia, essa tabela nao é fixa e há inflacao na Argentina, na medida do possível iremos atualizando esses valores. O taxi aqui usa taxímetro também, como no Brasil, assim que nao indicamos nenhum específico. Abs

  2. Opa boa tarde, tenho um Sube que foi comprado no ano passado, este ano estarei voltando a Bariloche gostaria de saber se ainda posso utilizar o mesmo e se no aeroporto tem onde eu carregar para poder pegar um onibus até o centro. Valeu! muito bom o post

      1. Oi Sabrina, as tarjetas sube são nacionais? tenho 2 de Cordoba, será que servem?
        obrigada pelas informações , um blog muito bom!
        Aguardo seu retorno, já que também estaríamos comprando seu serviços e desejamos contactar.
        Obrigada!

  3. Olá
    quanto, taxi, remi ou ônibus estão cobrando de centro cívico ao Cerro Catedral?
    E quanto está custando o aluguel de roupas de neve e equipamentos para ski e snowboard ?
    muito obrigado… excelente matéria

        1. Bom dia Teresa, me desculpe, mas na alta temporada de inverno estamos a mil na agência recebendo os brasileiros e além disso, recebendo diariamente dezenas de consultas por email e outros meios. Tentamos responder da melhor maneira possível a todos. Qual foi a pergunta que nao te respondemos?

          1. Tudo bem,eu comprendo, mais a pergunta foi feita em maio, baixa temporada.Agradeço igual se importar em responder

            1. Olá Teresa, em maio deste ano estávamos organizando tudo para a abertura da nova agência e lancamento do e-commerce, para nós nao foi exatamente baixa temporada, estávamos muito ocupados realmente. Por gentileza, você poderia repetir a pergunta, desculpe, me perdi.

              Abs

    1. Olá, Marconi. Não sei dizer precisamente. Mas acredito que esteja entre uns 600/700 pesos. O ônibus para o Cerro Catedral há pouco tempo estava 45 pesos.

  4. voce sabe se posso levar caixa de leite e pacote de macarrão na bagagem para a argentina? pretendo cozinhar alguns dias…

    1. Oi, Keka! Pode levar macarrão. Se quiser levar leite, recomendo que seja leite em pó. No entanto, para evitar peso em sua bagagem, talvez seja mais recomendável comprar estes itens nos supermercados de Bariloche.

    1. Boa tarde Leticia, temos alguns motoristas que nos prestam servicos de transfer de aeroporto, mas teríamos que te indicar pessoalmente na agência e ver a disponibilidade deles. Quando você chegar é só nos procurar pessoalmente na agência Destino Sul, estamos na rua Mitre 340 (Galeria del Sol, piso superior). Esperaos por vocês!

  5. Olá, boa noite
    Vocês saberiam me informar quanto está a cotação do dólar e do real? Estou em dúvida de qual moeda levar. Obrigada

    1. Traga os dois. Reais troque no Banco de la Nación em Ezeiza ou no Aeroparque. Estão pagando melhor que em Bariloche. Os dólares, traga em notas altas, que valem mais.

    1. Bom dia Roberto, nao saberia te dizer. Alguém poderia aportar com essa informação? Abs

  6. Olá, vocês saberiam me informar se é possível pegar um remis no aeroporto que possa transportar 5 adultos ? Acho que teria que ser essas vans/mini-vans. Mas não encontro o preço desse tipo de remis. Vocês saberiam me informar mais ou menos quanto custaria um translado desse tipo do aeroporto até o Centro ?
    Muito obg!!

    1. Olá Claudia, é difícil encontrar um remis que leve 5 pessoas e as malas. Dá uma olhainha na nosa página http://www.destinosul.com.br para ver os valores dos traslados em privado de aeroporto. Se desejarem algo mais econômico, poderiam contratar dois taxis comuns no aeroporto. Abs

  7. Boa noite, estou organizando uma viagem para Bariloche agora dia 21/08/18, posso comprar os passeios diretamente ai em Bariloche ou ja devo sair com eles comprados aqui do Brasil? Quais as formas de pagamento mais valem a pena? Obrigada!!!

    1. Oi, Andreia. Você pode reservar os passeios em destinosul.com.br ou diretamente em nossa agência. O que recomendamos é reservar ao menos os passeios mais exclusivos e transfer, claro. Os passeios mais fáceis de se conseguir no destino são os clássicos terrestres ou lacustres. Nós estamos dando desconto de 10% no passeios clássicos terrestres para pagamento em dinheiro diretamente na nossa agência. Seja real dólar ou pesos. Você pode conseguir o cupom de desconto em nossas redes sociais e em breve divulgaremos o cupom aqui no blog. Basta levá-lo impresso ou exibir na tela do celular.

  8. Muito boa ideia essa do IPDN! rs Mesmo que não seja oficial ajuda imensamente a quem está planejando a viagem! Vocês tem previsão de atualizarem esses preços? Estarei na cidade no início de agosto.

  9. Olá, podiam incluir algum prato específico com bebida para casal em algum restaurante famoso só pra ter uma ideia

    1. Olá, Jacques! Sim, nós incluímos! Veja após a tabela, temos preços especiais e variáveis. Ali está incluído um jantar completo para um casal em um dos melhores restaurantes especializados em carne, com um bom vinho. Custou cerca de 140 reais. No Brasil, só com a garrafa de um bom vinho, já vai pelo menos metade desse valor.

Deixe uma resposta