El Mallín Tango: uma experiência imersiva de arte, dança e gastronomia

Em um cenário de viejo almacén que envolve o público, El Mallín Tango apresenta um espetáculo de dança teatral que merece ser visto mesmo pelos mais experientes apreciadores do tango

El Mallín Tango

Em nossa busca pelas melhores experiências noturnas de Bariloche, ontem estivemos no El Mallín Tango, no km 12 da Avenida Bustillo. E como foi? Nos surpreendeu! E muito!

Um espetáculo de tango autoral muito arrojado, onde a arte da dança, do teatro, da cenografia e a gastronomia se combinam de forma magistral para envolver o público em um cenário tanguero de viejo almacén.

Tudo tem um cuidado e uma preocupação estética nos mínimos detalhes. Ao adentrar El Mallín, você é agarrado imediatamente pela atmosfera única e vintage de um almacén rústico chic. Ao se sentar à sua mesa de madeira, propositalmente sem toalha, há muitos detalhes a se observar ao seu redor. Da enorme carroça presa ao teto, até rádios antigos, toca-discos, retratos, livros, lampiões e dezenas de memorabilias que com uma cuidadosa iluminação teatral parecem flutuar diretamente do passado ao seu redor.

A atenção ao detalhe está até mesmo na apresentação das atendentes. Todas muito atenciosas e vestidas de um elegantíssimo preto que se integra à penumbra e a la media luz do cenário. Faço questão de citar isso, para mostrar o nível de esmero e cuidado que se tem com a ambientação. Mais que para ver e comer, El Mallín Tango é um jantar-show para se estar e sentir.

El Mallín Tango é ambientado em um viejo almacén

O Show de Tango

El Mallín Tango é um show protagonizado por 3 casais de dançarinos profissionais da companhia de tango Del Otro Lado, dirigida por Silvana Grill. Com música original, a história é contada através da dança e do tango com grande força teatral. Drama, humor, tragédia. Vemos uma intepretação do tango onde o tradicional e o contemporâneo se mesclam.

Dançarinas de tango em El Mallín Tango

A ideia é interessantíssima. Em um ambiente absolutamente íntimo e exclusivo, presenciamos um metaespetáculo que expõe os seus bastidores e camarins: o público observa os artistas que estão fora do palco se trocando enquanto a apresentação continua. Aliás, o camarim faz parte da apresentação.

Por outro lado, se o show assume o seu cenário e camarim, também envolve o público em sua realidade e nos transporta para o seu mundo e a sua história. Somos como testemunhas invisíveis no mesmo lugar de ação.

Dança, luz, cenografia, música original, tudo conflui pra um espetáculo tão íntimo e próximo que parecemos cúmplices dos personagens.

Jantar de inspiração patagônica

O jantar preparado pelo chef Gonzalo Gaviña faz jus ao ambiente rústico chic de viejo almacén e busca inspiração na cozinha e nos ingredientes regionais patagônicos. De entrada, somos bem aquecidos por uma sopinha de abóbora e empanada frita de cordeiro.

Culinária de inspiração patagônica

De prato principal tínhamos 3 opções: truta, cordeiro e canenole de ricota e verdura como opção vegetariana, mas não vegan. Escolhi a truta, assim como a maioria das pessoas da nossa mesa. Descobri que gosto mais de truta do que de salmão. O peixe estava delicioso, sobre uma generosa “cama” de pure de batatas, com um vinagrete muito saboroso por cima e uma acidez muito bem-vinda do vinagre balsâmico para abraçar todo o prato.

De sobremesa, tínhamos de opção mousse de limão com crocante de pistache e suspiro flambado ou marquise de chocolate com chantilly e framboesas. Escolhi o primeiro e não me arrependi.

Todos bebemos o vinho da casa e era de boa qualidade, assim como harmonizou bem com o prato principal. O serviço e a atenção das atendentes também foi excelente.

O Menu

Entrada

Empanada de carne

Sopa de abóbora

Prato Principal

Cordeiro na brasa, cebola roxa, purê de batatas e tomate confitado

Truta à moda crioula, pure de batatas, espinafre, molho crioulo e vinagrete com azeite de oliva e vinagre balsâmico

Canelones integrais de ricota e verdura flambado com molho de tomate

Sobremesa

Mousse de limão, crocante de pistache e suspiro flambado

Marquise de chocolate com chantilly e framboesa

Menu infantil (menores de 12 anos)

Milanesa com pure de batatas como prato principal e bola de sorvete de sobremesa

Bebidas

Vinho da casa, cerveja Imperial, água e refrigerante

Dançarina do grupo de tango Del Otro Lado

Conclusão

Podemos dizer que El Mallín Tango é hoje em dia o melhor espetáculo de tango de Bariloche. Não há nada parecido por aqui. Não é um evento pensado meramente para agradar turistas. Vai muito além e é uma experiência realmente autêntica e autoral.

Se está viajando em casal ou casais de amigos, numa viagem romântica, não pense duas vezes: vá! Se gosta de tango: vá! Se gosta de uma experiência cultural em um ambiente em que o regional, a memória local, a arte e a gastronomia se unem em um grande show: vá! E, por fim, se você se enquadra em todos estes perfis, esta provavelmente será a melhor experiência que vai ter em Bariloche. A dois, nem se fala!

Tango em Bariloche

Resumo

A quem recomendamos o Mallín Tango

Reforçamos: se você veio à Bariloche numa viagem de casal, El Mallín Tango é a experiência que você não pode deixar de fazer. Deixe de esquiar, mas não deixe de ir a este espetáculo. A experiência é tudo que um casal pode desejar. Vivenciar um momento intenso, íntimo, romântico, em um jantar-espetáculo muito exclusivo com uma atmosfera que te agarra de jeito.

show de tango em Bariloche

E não faz diferença se você é um espectador experiente de shows de tango, se é turista, se é brasileiro ou argentino. El Mallín Tango merece ser visto por todos. Merece o seu lugar no cenário cultural do tango. Tem o seu estilo próprio e orginal. Não é um simples jantar com tango, nem um grande espetáculo à la Broadway ou Señor Tango para centenas de pessoas ou mais. É íntimo, exclusivíssimo, envolvente, intenso e com seu charme único.

A quem não recomendamos

Apesar de não haver censura para nenhuma idade e inclusive contar com menu kids no Mallín, não recomendamos esta experiência para crianças, principalmente muito pequenas. O evento é voltado para adultos, com muito foco no espetáculo e sem espaço para a dispersão tão necessária para as crianças. Talvez crianças de 12 anos ou mais possam de alguma forma se concentrar e se interessar pelo show. Mas crianças mais novas, muito provavelmente, além de se aborrecerem, não consideramos o evento adequado às faixas etárias mais baixas. É a nossa opinião.

O que inclui

Show de tango e jantar completo de influência patagônica: entrada, prato principal, sobremesa, bebidas (vinho da casa, cerveja Imperial, água, refrigerante)

Não inclui

Transfer. Um táxi ou remise do centro até El Mallín sai por volta de 350 a 400 pesos.

Reservas para El Mallín Tango

Faça sua reserva em nossa agência oficial, a Destino Sul, que fica na Calle Mitre 340, piso superior, Galería del Sol, Bariloche.

Local: El Mallín
Disponibilidade: Apresentação única, todos os dias
Horário: de 20h15 às 22h15
Preço: 3500 pesos / 3000 pesos (menores de 12 anos)

Lotação máxima: 44 pessoas.

El Mallín Tango

Avatar

Autor: Alejandro Sainz

Alejandro é irmão da Sabrina e sócio-diretor do Bariloche para Brasileiros. Músico e publicitário brasileiro e argentino, nasceu em Buenos Aires, mas cresceu e vive no Rio de Janeiro. Ficou tão deslumbrado quando conheceu a Patagonia e Bariloche, que compôs uma música chamada “Patagonia” com sua banda de rock, que virou disco e videoclip realizado apenas com filmagens da região. Seu lugar preferido é a estepe patagônica. Também é louco pelas cervejas artesanais, chocolates e tudo que é “ahumado” (defumado) da região: comida, cerveja, molhos etc.

4 pensamentos

Deixe uma resposta